quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Eu tenho pressa e tu ?


Depois do curso de tarot e magia sexual que participei e que principiou a minha re-vira-volta existêncial me inscrevi na OKRC e comecei os estudos ocultistas, cabalistas, magísticos, alquimistas e esotéricos, principalmente sobre hermetismo e cabala.
Confesso que a ansiedade e angústia na espera dos meus livros e das respostas da minha inscrição na OKRC me fizeram refletir:
- Estou indo depressa demais !.
Como diria o grande mestre do kung-fu:
- Vá com calma pequeno gafanhoto !.

Após uma reflexão (algo que muito raramente faço) percebi que este conhecimento que está sendo adquirido é um conhecimento para a vida toda (e para outras vidas também) e que dado o conceito de tempo nesta imensa escala cósmica cronológica do universo a pressa é realmente inimiga da perfeição. Um ponto fundamental nesta questão é que realmente a pressa atrapalha principalmente na questão da reflexão. Reflexão ! eis a questão chave !. Quantas vezes paramos para refletir profundamente nesta vida ? quantas vezes paramos para refletir anualmente, mensalmente, semanalmente ou pior ainda: quantas vezes paramos para refletir diariamente ? Vejo que ao tentar responder essa pergunta ecoará o silêncio crítico e severo da nossa incapacidade de refletir. Atualmente me parece que vivemos sobre o controle de uma massa viva de pensamentos que nos obriga a trabalhar feito locos, a ter uma pressa incontrolável em cumprir prazos, realizar metas, entregar atividades, preencher as planilhas, ler as notícias na internet, enfim ! que nos impede de dar a atenção para o que deveria ser o mais importante: O nosso crescimento interior !.

Estou iniciando um caminho em busca de meu deus interior, de encontrar o meu SAG (Sagrado Anjo Guardião), de me tornar um mago, um realizador da verdadeira vontade, mas percebo que o primeiro aspecto que tenho que dominar em meu interior é esse: a pressa, até porque a devida importância dispendida não quer dizer pressa.

Acredito que os exercícios de concentração, meditação e visualização me ajudarão a domar esta fera.

E você ? aprendiz assim como eu...também sofre deste mesmo problema ?

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Frase do dia II

Afastemo-nos dos derrotistas.
Afetividade significa delicadeza.
Ainda somos pré-serenões ?

Frase do dia

"Se ficares no meio do vespeiro vai acabar sendo picado !. Cuidado com as vespas coorporativas. #inseticida nelas."

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Audios para entrar em estado alterado de consciência













O Pai Nosso em aramaico














A percepeção da realidade

Levitação Acústica


O Símbolo Secreto Perdido e as Escolas do Mistério

Donald no país da matemática





Profissional independente não assusta mais as empresas

Eram os Deuses Astronautas - 1/11

Psy Mix

Psy Mix 1

Om Mani Padme Hum - Versão Completa

Om Mani Padme Hum

Alguns mantras interessantes

Vale a pena conferir.
http://www.grandefraternidadebranca.com.br/mantras.htm

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Consagrando Objetos Mágicos


Existem várias formas de se consagrar um objeto mágico.
Colocarei abaixo uma maneira simples para começar:
Consagrando objetos mágicos
Muitas pessoas, nos dias atuais, possuem diversas ferramentas mágicas – baralhos de Tarot, pedras de Runas, Pantáculos, Amuletos, Talismans, entre uma infinidade de outras coisas.
O que as pessoas que utilizam estes instrumentos muitas vezes desconhecem é o fato de que essas ferramentas precisam ser consagradas antes de qualquer tipo de trabalho magicko ser executado.
E o que é consagração?
É dedicá-las ao uso a que se destinam!
E como isso é feito?
Basta seguir o pequeno Ritual a seguir:
- Mantenha a ferramenta sobre uma mesa;
- Sente-se numa cadeira, frente à mesa;
- Acenda um incenso (kalidandra é o mais indicado) e, com ele, defume o objeto em questão;
- Eleve seu pensamento à Deus, ou conforme sua crença pessoal, pedindo às Forças Superiores que consagrem esse Instrumento de Arte que você deseja dedicar ao Serviço da Luz;
- Espere o incenso terminar de queimar, guardando, então, o instrumento consagrado;
- De agora em diante, essa instrumento só poderá ser utilizado para a finalidade a que ele foi consagrado;
- Qualquer desvio dessa conduta e você deverá repetir o Ritual de Consagração.
É óbvio que você pode elaborar um ritual bem mais completo e sofisticado (mais para a frente, com tempo, eu escreverei um ritual mais detalhado) mas, para quem não é iniciado em nenhuma egrégora, o que ensinei acima é o suficiente.

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Exercícios Práticos – Música e Respirações


Um outro exemplo da aplicação da música no ocultismo e vice-versa é o Ritual Gnóstico do Pentagrama. Esta é uma das práticas essenciais e básicas da IOT (Illuminates of Thanateros) e é uma adaptação dos tão já conhecidos Ritual Menor do Pentagrama / Ritual do Pilar do Meio (Golden Dawn/OTO)… No RGP primeiramente a intenção é a libertação de qualquer simbolismo pré-existente, afim de que o magista possa entrar em contato com o Self e assim obter o sucesso desejado em qualquer operação mágica.
Ele se inicia com a respiração profunda e mentalização de radiâncias em cinco centros vitais de nosso corpo (relacionados completamente com os chakras citados anteriormente). Cada radiância é acompanhada com a vibração de uma vogal e deve causar uma sensação específica no momento de sua entoação. As vogais são vibradas como mantras no momento da exalação (técnica conhecida como pranayama) Conforme descrito em sua concepção “. O corpo deve ser tocado como um instrumento musical, com cada parte ressonando de acordo com um tom.”
Realizado tal processo, deve-se traçar em sentido horário um pentagrama para cada um dos quatro cantos (leste, sul, oeste, norte). Ao concluí-los, deve-se novamente voltar ao início e entoar novamente as vogais.Segue o procedimento do ritual:
1) De pé, para qualquer direção que prefira.
2) Inspire profundamente. Exale lentamente, sustentando o som “I”, enquanto visualiza uma energia radiante na região da cabeça.
3) Inspire profundamente. Exale lentamente, sustentando o som “E”, enquanto visualiza uma energia radiante na região da garganta.
4) Inspire profundamente. Exale lentamente, sustentando o som “A”, enquanto visualiza uma energia radiante na região do coração e dos pulmões, que se espalha para os membros.
5) Inspire profundamente. Exale lentamente, sustentando o som “O”, enquanto visualiza uma energia radiante na região da barriga.
6) Inspire profundamente. Exale lentamente, sustentando o som “U”, enquanto visualiza uma energia radiante na região entre a genitália e o ânus.
7) Repita o 6). Então o 5), 4), 3), 2), repetindo de trás para frente, até chegar à cabeça.
8) Inspire profundamente. Exale lentamente, repetindo o mantra IEAOU, enquanto desenha o pentagrama no ar, com o braço direito. O pentagrama deve ser visualizado com muita nitidez.
9) Vire para o próximo quadrante e repita o 8), então, desenhe os pentagramas restantes com os mantras e as visualizações, até chegar ao ponto de partida.
10) Repita os números 2) até o 7), inclusive.

Bibliografia Ocultista


Aproveitando que está chegando a grande data comercial do ano e como eu estava devendo uma bibliografia para vocês, vou separar abaixo por assunto e alguns livros em português que vocês podem encontrar facilmente nas livrarias para aprofundar os estudos:
Básico do ocultista
Estes três livros tem de ser lidos e ESTUDADOS (não adianta só ler por cima… qualquer um que queira ter um mínimo de base para começar qualquer estudo esotérico precisa conhecer as informações destes três livros do irmão maçom Allan Kardec – esqueça a parte religiosa do “kardecismo” que se instituiu no Brasil. Estes três livros trazem a base científica da pesquisa a respeito do Plano Astral e seus habitantes).
Livro dos Espíritos
Livro dos Médiuns
Céu e Inferno
Pirâmides e Atlântida
Thoth – O Arquiteto do Universo – Mapas Neolíticos da Terra, de Ralph Ellis
Vimana – Aeronáutica da Índia Antiga e da Atlântida, de David Hatcher Childress
Ritos e Mistérios de Elêusis, Os, de Dudley Wright
Moisés e Akhenaton – A História Secreta do Egito no Tempo do Êxodo, de Ahmed Osman
Astrologia
http://www.khaldea.com/rudhyar/
Dane Rudhyar é considerado um dos maiores astrólogos do século XX. Quando faleceu, doou toda a sua obra para o público, deixando disponíveis todos os seus livros para download gratuito neste site.
Astrologia na Maçonaria – A estrutura eterna e imutável da Maçonaria…, de Juarez de F. Prestupa
Arca da Aliança
Segredos Perdidos da Arca Sagrada, de Laurence Gardner
Tesla
Fantásticas Invenções de Nikola Tesla, As, de David Hatcher Childress, Nikola Tesla
Grécia
Pitágoras – Ciência e Magia na Antiga Grécia, de Carlos Brasílio Conte
Círculos de Pedra e Atlântida
A Máquina de Uriel – As Antigas Origens da Ciência , de Christopher Knight , Robert Lomas
Essênios
O Mistério do Pergaminho de Cobre de Qumran, de Robert Feather
Viagens Astrais
http://www.ippb.org.br/
Este site tem tudo o que você precisa saber sobre Viagens Astrais e Projeciologia.
Mundo Espiritual e Plano Astral
Livro dos Médiuns, Livro dos Espíritos, de Allan Kardec
700 experimentos em Conscienciologia, de Waldo Vieira
História da Radiodifusão Espírita, de Eduardo Carvalho Monteiro
Maçonaria e Espiritismo – As Relações de Allan Kardec e Léon Denis, de Eduardo Carvalho Monteiro, Armand Lefraise
Léon Denis e a Maçonaria, de Eduardo Carvalho Monteiro
Wicca e Bruxaria
Wicca, a religião da Deusa, de Claudiney Pietro
Significado da Bruxaria, O, de Gerald Gardner
Bruxaria Hoje, A , de Gerald Gardner
Feitiçaria Antiga – dos Hinos dos Hititas às Esculturas dos Celtas, de Laura Perry
Templários e Maçonaria
Hereges de Deus – A Cruzada dos Cártaros e Albigenses, de Audrey Burl
História dos Cavaleiros Templários, de Élize de Montagnac
O Livro de Hiram, de Christopher Knight , Robert Lomas
Templo e a Loja, O – O Surgimento da Maçonaria e a Herança Templária, de Michael Baigent, Richard Leigh
Sociedades Secretas da Idade Média, de Thomas Keightley
A Maçonaria e o Nascimento da Ciência Moderna, de Robert Lomas
Introdução à Maçonaria – Doutrina, História e Filosofia, de Rizzardo da Camino
Maçonaria – Escola de Mistérios, de Wagner Veneziani Costa (este é um dos melhores livros sobre maçonaria em português)
Nazismo e Ocultismo
A Estratégia de Hitler – Raízes Ocultas do Nacional-Socialismo, de Pablo Jiménez Cores
Reich Oculto – O Ocultismo na História de Hitler e do Terceiro Reich, de J.H. BRENNAN